13º Congresso Cearense de Pediatria

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PEDIATRIA E ACESSIBILIDADE AOS SERVIÇOS DE SAUDE, QUAIS AS DIFICULDADES?

Introdução

A palavra acessibilidade atribuída ao Sistema Único de Saúde, remete à ideia de acesso a consulta, internamento e exames complementares. No entanto, a palavra acessibilidade vai além: ela também pode significar possibilidade de chegar ao local para atendimento. No que se refere à acessibilidade das crianças aos serviços de saúde, existem vários fatores que podem causar deficiências, afetando mobilidade, audição, visão, dentre outros aspectos. As causas são diversas, como as virais, bacterianas, neoplásicas, e podem acometer a criança em diversas fases da vida.

Objetivos

O trabalho tem como objetivo principal compreender as condições de acessibilidade dos portadores de deficiência, na faixa etária pediátrica, ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Relato de Experiência

Em vista da alta prevalência de deficientes físicos, auditivos e visuais no Brasil, bem como da escassez de trabalhos publicados sobre esse assunto, decidiu-se realizar esse projeto de iniciação científica para coletar mais dados sobre o perfil epidemiológico dos portadores pediátricos de deficiências na atenção primária e, assim, propor mudanças para melhorar a acessibilidade nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) a essa faixa etária da população, da maneira mais eficiente possível.

Reflexão sobre a experiência

No que diz respeito ao desenvolvimento do estudo, é esperado que os resultados possam contribuir de maneira considerável para a identificação dos fatores chaves da problemática estudada. A acessibilidade à UBS é um direito universal e a sua falha pode comprometer, de maneira importante, a vida de diversos indivíduos.

Conclusões ou recomendações

Em suma, o desenvolvimento desse trabalho científico busca identificar as deficiências mais prevalentes e os fatores que mais dificultam o acesso dessa população à UBS. Buscando, assim, além do conhecimento acerca da problemática, o desenvolvimento de dados fiéis que possam contribuir para o planejamento e correção estrutural e intelectual das UBS.

Palavras-chave (máximo 5, de acordo como DeSC)

Acesso aos Serviços de Saúde, Atenção Primária à Saúde, Pessoas com Deficiência

Área

Pediatria do Desenvolvimento e Comportamento

Autores

Hiorrana Sousa Dias, Hiorrana Sousa Dias, João Pedro Cavalcante Freitas, João Pedro Cavalcante Freitas, Caio Antônio Borges Girão Silva, Caio Antônio Borges Girão Silva, José Vieira da Nóbrega Neto, José Vieira da Nóbrega Neto, Gabriel Bezerra Castaldelli, Gabriel Bezerra Castaldelli, Ana Amélia Reis Jereissati, Ana Amélia Reis Jereissati