13º Congresso Cearense de Pediatria

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

O TABAGISMO MATERNO COMO FATOR DETERMINANTE DO SURGIMENTO DE ASMA NA INFANCIA

Introdução

A asma é considerada uma das doenças crônicas mais comuns em todo o mundo. Ela é resultante de uma associação multifatorial, caracterizada pela interação de fatores genéticos, exposição ambiental e fatores ocupacionais. Alguns determinantes maternos, como o tabagismo, a asma e a idade jovem, têm sido frequentemente relacionados ao aumento de chiado ou asma na infância. Além disso, algumas condições do parto, como a via cesárea e a baixa idade gestacional, e complicações durante a gravidez, como prematuridade e abortos prévios, são relatados em associação com o aumento do risco de asma.

Objetivos

Identificar a associação do tabagismo materno durante a gestação com o desenvolvimento de asma na infância.

Métodos

O presente estudo trata-se de um recorte da VI Pesquisa de Saúde Materno-Infantil do Ceará (PESMIC) de 2017, levando em consideração as informações das crianças avaliadas que apresentavam asma. As variáveis a serem utilizadas foram escolhidas a partir do questionário da VI PESMIC, sendo divididas em características das crianças asmáticas e características maternas. Os dados coletados foram digitados no software Epi Info 7 e analisados através do software IBM SPSS versão 23. O projeto PESMIC VI foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas com Seres Humanos (CEP) sob o Parecer 2.255.063 com Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE) de número 73516417.4.0000.5049.

Resultados

Dentre as 3402 crianças participantes, 145 (4,2%) apresentavam asma, não havendo diferença entre os sexos. As mães entrevistadas encontravam-se na faixa etária de adulto jovem em sua maioria (90%), sabiam ler e escrever, e apresentavam alguma ocupação. Dentre as variáveis analisadas, a que teve maior significância estatística foi o tabagismo materno e a prevalência de asma (p=0,029).

Conclusões

Os fatores maternos são determinantes diretos no surgimento de asma na infância, sendo o tabagismo materno um importante fator de risco.

Palavras-chave (máximo 5, de acordo com o DeCS)

Asma, tabagismo, fatores determinantes, infância

Área

Pneumologia

Autores

EVELLYNE MACIEL GUIMARÃES, MICHELE MONTIER FREIRE DO AMARANTE, ANAMARIA CAVALCANTE E SILVA, JOCILEIDE SALES CAMPOS, LUCIANO LIMA CORREIA