13º Congresso Cearense de Pediatria

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

EVOLUÇAO DE CRIANÇAS AUTISTAS SUBMETIDAS AO METODO PADOVAN® DE REORGANIZAÇAO NEUROFUNCIONAL: UMA SERIE DE CASOS.

Introdução

O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é um desarranjo neurológico permanente manifestado pela dificuldade na interação social, comportamentos e alterações repetitivas. Não existe cura mas é possível melhorar evolução e prognóstico dos pacientes. O Método Padovan® funciona como metodologia de reorganização neurofuncional, com exercícios motores corporais, viso-manuais, respiratórios, auditivos e funções orais pré-linguísticos, eficazes para integração sensorial e amenização dos sintomas. Para verificar essa evolução utilizamos a escala CARS, uma triagem comportamental composta por 15 Itens que classifica clinicamente em ligeiro, moderado e severo.

Objetivos

Analisar a evolução clínica de crianças com TEA submetidos ao Método Padovan®

Relato do caso

Realizou-se no primeiro semestre de 2019, em Juazeiro do Norte-CE, uma análise embasada na escala CARS em cinco crianças submetidas à terapia. O período mínimo terapêutico eram oito meses e todas permanecem em tratamento. Verificou-se que todas as crianças apresentaram melhorias clínicas e redução da pontuação na escala CARS.

Discussão

Antes da terapia, as crianças possuíam atraso na linguagem, dificuldade na interação e comportamentos inadequados à idade. Após tratamento com o Método Padovan® verificou-se melhoria na fala, apresentando linguagem verbal e não verbal, atenção e concentração, interação com o outro, atendendo melhor aos comandos e executando tarefas do dia-a-dia, favorecendo a adaptação na escola e o convívio em sociedade. Nesse contexto, a evolução clínica ganha maior importância considerando-se que a linguagem é fator determinante para o convívio social e aprendizado. Diversas outras terapêuticas utilizadas têm enfoque no desenvolvimento da linguagem nos autistas, pois a fala é a ponte para a interação, análise crítica do pensamento e cognição do homem.

Conclusões

É notório os benefícios do Método Padovan® diante de crianças com TEA, a melhora da atenção contribui para a facilitação do aprendizado, percepção do outro, construção da linguagem e melhor resposta à outras abordagens terapêuticas.

Palavras-chave (máximo 5, de acordo com o DeSC)

Transtorno autístico, criança e cognição

Área

Pediatria do Desenvolvimento e Comportamento

Autores

Fernanda Tavares Alves, Ana Beatriz Valdivino Calixto de Aguiar, Pollyana Soares Dias, Josefa de Lima Silva, Lilianny Medeiros Pereira