13º Congresso Cearense de Pediatria

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ASSOCIAÇAO RARA DE TUBERCULOSE MILIAR E PNEUMONITE DE HIPERSENSIBILIDADE: RELATO DE CASO

Introdução

A tuberculose miliar é uma forma disseminada da infecção pelo Mycobacterium tuberculosis, que geralmente afeta imunodeprimidos. Seus sintomas incluem febre, perda ponderal e dispneia. Já a pneumonite por hipersensibilidade representa uma doença intersticial difusa, granulomatosa, de natureza inalatória, com inúmeros antígenos orgânicos e inorgânicos implicados, incluindo aves, sendo que a sintomatologia é inespecífica, podendo se assemelhar à manifestação da tuberculose.

Objetivos

Relatar associação rara entre tuberculose miliar e pneumonite por hipersensibilidade.

Relato do caso

Feminino, 05 anos, com diagnóstico prévio de asma, iniciou em março/2019 quadro de febre diária, sendo prescrito Amoxicilina por hipótese de pneumonia, sem melhora. Após 14 dias, devido febre persistente, sudorese noturna, dor torácica, dispneia, procurou atendimento em hospital terciário, onde, durante investigação, foi evidenciada radiografia de tórax com infiltrado pulmonar micronodular difuso, além de epidemiologia para tuberculose e contato domiciliar com aves, déficit ponderal e taquidispnéia com hipoxemia, sendo então aventada hipótese de tuberculose miliar, histoplasmose e pneumonite por hipersensibilidade. Paciente apresentou sorologia negativa para histoplasmose, mas realizou teste rápido molecular para tuberculose em lavado gástrico, confirmando diagnóstico de tuberculose. Realizada tomografia de tórax que mostrou múltiplos nódulos de distribuição aleatória bilaterais, imagem em vidro fosco e aprisionamento aéreo, achados altamente sugestivos de pneumonite de hipersensibilidade, após avaliação com Pneumologia.

Discussão

Podemos correlacionar a epidemiologia da paciente, além da tomografia que evidenciou achados altamente sugestivas de pneumonite por hipersensibilidade; com seu diagnóstico laboratorial confirmatório de Tuberculose, demonstrando assim uma sobreposição incomum entre Tuberculose Miliar e Pneumonite de Hipersensibilidade.

Conclusões

Na criança, a tuberculose constitui um desafio diagnóstico, dada a variabilidade e inespecificidade das manifestações clínicas e dificuldade de diagnóstico definitivo. Diante da suspeita na infância, devem ser aventadas hipóteses de outras doenças granulomatosas com sintomatologia semelhante, além de sempre valorizar a epidemiologia do paciente.

Palavras-chave (máximo 5, de acordo com o DeSC)

tuberculose miliar, pneumonite, hipersensibilidade

Área

Pneumologia

Autores

Leda MontAlverne Frota de Azevedo, Juliana Landim Viana, Hilda Bezerra de Sousa Vieira Melo, Ana Paula Rodrigues Salgueiro, Ana Victoria Albuquerque Araújo, Camilla Gomes da Cruz