13º Congresso Cearense de Pediatria

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RELATO DE CASO DE CRIANÇA TESTEMUNHA DE VIOLENCIA DOMESTICA COM DESCAMAÇAO DAS UNHAS.

Introdução

Os Transtornos de Ansiedade (TA) são algumas das condições patológicas psíquicas mais frequentes em crianças. Essa condição pode não ter causa aparente ou pode resultar de um evento de estresse. É o caso da violência doméstica, que se classifica como um dos principais fatores causadores, principalmente do Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT), cuja condição acarreta frequentemente em graves prejuízos ao desenvolvimento da criança.

Objetivos

Descrever o processo diagnóstico de uma criança que apresentava descamação nas unhas e testemunhou um caso de violência doméstica.

Relato do caso

I.S.M, 04 anos, sexo masculino. Paciente foi levado ao posto pela mãe, que relatava descamação nas unhas das mãos e dos pés, era muito assustado e tinha medo de grandes barulhos, como o som do liquidificador. As lesões eram localizadas no centro das unhas e a mãe relatou já ter visto o filho arrancar pedaços em descamação. Prosseguindo com a anamnese, a mãe referiu que o marido era viciado em drogas, e que havia lhe agredido recentemente na frente dos filhos. Ela fazia uso de ansiolíticos e temia a soltura do marido, preso por denúncia sua. O paciente apresentava-se ativo, brincando e confirmava tudo. Por fim, a principal hipótese foi a de TA, provavelmente TEPT, cuja lesão provavelmente era autoprovocada, como manifestação de estresse. O paciente foi, então, encaminhado para uma clínica escola para acompanhamento com especialista.

Discussão

TA em crianças podem se apresentar de diversas formas. Os sinais e sintomas, então, podem indicar outros diagnósticos. Diante disso, uma abordagem holística na anamnese, pesquisando possíveis traumas, pode levar à suspeita de TA.

Conclusões

Deve-se atentar para eventos recentes de trauma que possam dialogar com a condição do paciente. Ademais, deve-se ter atenção a crianças nessa condição, tanto pelo impacto dos TA no desenvolvimento, quanto pela necessidade de acompanhamento especializado célere.

Palavras-chave (máximo 5, de acordo com o DeSC)

Transtorno de Ansiedade; Ansiedade; Violência doméstica; Infância

Área

Pediatria do Desenvolvimento e Comportamento

Autores

Francisco Alberto Nascimento Viana, Samantha Sousa Silva, Isabelle Neves Lobo, José Armando Pessoa Neto, Thaís Ribeiro Maia, Sócrates Belém Gomes