13º Congresso Cearense de Pediatria

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

OBITO DE LACTENTE POR COQUELUCHE: RELATO DE CASO

Introdução

Coqueluche é uma doença infecciosa do trato respiratório causada pela bactéria Bordetella pertussis. Essa patologia contagiosa acomete principalmente os mais susceptíveis, como os lactentes, que tendem a apresentar quadros com maiores complicações.

Objetivos

Relatar óbito de lactente por coqueluche.

Relato do caso

Lactente, feminino, 2 meses, admitida no hospital com queixa de tosse persistente, em salva, oligúria, perda ponderal de 300g e episódios convulsionais há 15 dias. A mãe referiu gestação sem intercorrências, pré-natal incompleto e parto vaginal. Nascimento a termo, Apgar 9/10 e peso de 3.100g. Calendário vacinal atualizado, amamentação exclusiva no primeiro mês. Ao exame físico, estado geral regular, afebril, cianótica, hipoidratada, anasarcada, taquipneica com discreta retração subcostal e bradicárdica. Ausculta pulmonar: murmúrio vesicular universal com presença de roncos e estertores difusos. O hemograma evidenciou leucócitos de 82100/mm³. Foi diagnosticada com coqueluche. Realizado antibioticoterapia e tratamento de suporte, porém sem respostas. Faleceu no dia seguinte na UTI Pediátrica em decorrência de choque cardiogênico, choque séptico e pneumonia.

Discussão

Os sintomas podem variar com a idade, particularmente em menores de 6 meses. A tosse paroxística pode ser associada à cianose, apneia e convulsão. Nesse período, ocorre a maior incidência de complicações, necessidade hospitalização e maior letalidade. O principal motivo de hospitalização é a pneumonia, levando à necessidade de internação em unidade de cuidados intensivos. Outras complicações são: otite média, ativação da tuberculose latente e bronquiectasias.

Conclusões

A Coqueluche é um problema de saúde pública, principalmente pela gravidade da evolução clínica em lactentes, sendo uma das dez mais comuns causas de morte nessa faixa etária. Apesar dos benefícios com a vacina dTpa (tríplice bacteriana acelular do tipo adulto) durante o pré-natal, ainda é necessário um rápido diagnóstico, através de critérios clínicos associado à PCR e à cultura e um tratamento precoce com antibioticoterapia.

Palavras-chave (máximo 5, de acordo com o DeSC)

Coqueluche. Lactente. Óbito.

Área

Infectologia

Autores

Bárbara Calisto Campos, Ingrid Victor Almeida, Marina de Sousa Guedes, Raquel Mourisca Rabelo, Laise Torres Dias, Marcelo Bitu de Almeida